Na procura da Felicidade vou, passo a passo, até ao fim do arco-iris
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007
A tempestade acalmou

1.

Na passada 6ª feira decidi seguir alguns conselhos que me deram. Fui fazer algo que me dava prazer. Fiz como os miúdos. Fugi do emprego! Fui enfiar-me numa loja Fnac, só com livros e cd's à minha volta (também pessoas mas quando estou com os livros é como se não existissem). 

Ao estar naquele ambiente, onde me consigo isolar, aproveitei para fazer uma revisão dos meus últimos dias para entender a razão pela qual estava a sentir tanta irritabilidade.  Na verdade tenho estado um pouco sensível e com alguma ansiedade devido ao problema de saúde da minha mãe! Mas não podia ser apenas isso. Até porque me estava a sentir pior num local onde normalmente me sinto bem, me descontraio e onde consigo "deitar para fora" a irritabilidade. Lembrei-me então de algo que aprendi sobre mim durante a terapia: no trabalho, como as minhas relações não implicam sentimentos, consigo lidar melhor com situações de conflito!

Acontece que também no meu emprego tenho uma amiga, e essa amiga tem adoptado umas atitudes que me deixam apreensiva e preocupada porque a estão a prejudicar profissionalmente. Já lhe falei sobre o assunto mas continua na mesma e a achar que ela é que tem toda a razão. Ao regressar de férias verifiquei que ela estava ainda pior e foi isso que acabou por me deixar neste estado. Se eu lhe for dizer mais alguma coisa ela vai ficar aborrecida comigo e isso acaba por me entristecer pois eu apenas a quero ajudar. Não sei como hei-de lidar com ela e com esta situação e isso acaba por me deixar irritada. Daí eu me sentir pior perto dela.

Enfim, fiquei melhor depois de entender o que se passava comigo!

 

2.

Ontem completei mais um aniversário! Quando fiz 40 disse por brincadeira que não era quarentona, apenas quarentinha ". Tenho que assumir agora que já estou a ficar quarentona, mas consciente de que a idade me vai trazendo "sabedoria" .

É verdade, estou a ficar cota (aliás, já sou...)!

 


estou: mais calma
som: Fly me to the moon - Diana Krall

publicado por nofimdoarcoiris às 12:46
link do post | diz-me | favorito

7 comentários:
De Lua de Sol a 24 de Setembro de 2007 às 17:52
Parabéns (atrasados), amiga! ! Um brinde a mais um aninho: ! E ainda bem que entraste na nova idade mais descontraída, com maior consciência do que te perturbava. Assim, sempre ficas mais calma.
Desejo-te um sorriso despreocupado.
Beijinhos


De nofimdoarcoiris a 25 de Setembro de 2007 às 12:02
Obrigada. Mais uma barreira foi ultrapassada!
Beijinhos


De Estupefacta a 24 de Setembro de 2007 às 23:12
Olá Carmo
Ainda bem que a tempestade acalmou.

PARABÉNS! PARABÉNS! ontem foi o teu dia, um dia muito feliz. 40 anos? Eu estou quase lá... com mais sabedoria talvez... e não estou nada preparada para envelhecer, essa é a verdade.
Mas estás de PARABÉNS e isso é o que importa.
Um grande beijinho


De nofimdoarcoiris a 25 de Setembro de 2007 às 12:08
40? Coloca lá mais 5... Mas mais 5 menos 5... o que é que interessa?
Não te preocupes com a questão de envelhecer, vamo-nos habituando! Quando fiz 30 a minha filha tinha acabado de nascer e quando pensava como seria quando ela tivesse 10 anos imaginava-me a mim uma "senhora" com ar pesado. Agora que já tenho 45 não sinto nada disso. Estou aqui para as curvas!
Beijinhos e obrigada


De Daniela a 24 de Setembro de 2007 às 23:22
Ah muitos parabens ( um bocadito atrasados..) !!!

beijinho enorme e que o teu pensamento seja sempre esse, + um ano = + sabedoria, porque velhos são os trapos!!


De nofimdoarcoiris a 25 de Setembro de 2007 às 12:11
Sim! Mais um ano mais sabedoria. Nada de rugas!
Beijinhos e obrigada


De guiga a 25 de Setembro de 2007 às 16:36
Já ouvi dizer que é aos 40 que a mulher atinge a plenitude! Dizem que é uma idade fantástica. Será? Ainda não sei pois não cheguei lá, mas com certeza irei saber, se Deus quiser!

É difícil lidar com certas situações, principalmente quando envolvem sentimentos, bem pior quando têm a ver com pessoas que nos são queridas.
Em relação à sua amiga, acho que deve pensar que já a avisou, já a aconselhou. Essas atitudes são responsabilidade dela, não se deixe envolver ainda mais.

Quanto à sua mãe, a irritabilidade é ainda mais compreensível. Mexe com o coração todo, não é?
Tudo vai correr bem, tenha fé!

Beijos! *.*


Comentar post

aqui estou eu
pesquisar
 
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Em jeito de despedida

Viver à Pressa

FELIZ NATAL

Roupa de criança

De volta

Férias

Perguntas ainda sem respo...

Mais um fim-de-semana

Delícias

potes
gosto

Diário de um Homem Sozinh...

Hoje e sempre

Sejam Bem-vindos

FELICIDADE

Antes só do que mal acomp...

Eu, aqui, agora, ontem, u...

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds