Na procura da Felicidade vou, passo a passo, até ao fim do arco-iris
Terça-feira, 27 de Maio de 2008
Remorsos

"A palavra remorso tem origem latina, vem de remorsus, particípio passado de remordere, que significa tornar a morder. Liga-se, portanto, a dilacerar, atacar, satirizar, ferir, torturar, atormentar. A própria etimologia da palavra já nos dá a idéia de como esse sentimento é doloroso e da angústia e até mesmo da vergonha que o acompanha. Isso vem da consciência de termos agido mal. Geralmente vem acompanhado de arrependimento, culpa, lamentação.

O remorso é um sentimento sobre os acontecimentos e atitudes do passado. É a sensação do que não era para ser dito, do que não era para ser feito.

Pode se tornar uma doença, um grande desgaste como, por exemplo, as dores de cabeça que não sabemos a razão, ou mesmo a vesícula funcionar mal, ou até mesmo as palpitações. É o remorso a massacrar o corpo sem que percebamos. Está nas mãos de cada um curar o mal ou a dor que sentimos.

Em algum momento da nossa vida sentimos remorso. Ele pode ser também um sinalizador de que nos preocupamos ou deveríamos nos preocupar com algo importante que temos a aprender. E assim servir de aprendizado para que possamos fazer melhores escolhas no futuro.
"
 

Pode-se ver todo o artigo em:

 http://www.spiner.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=924">http://www.spiner.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=924

 

Procurei a melhor definição para este sentimento. Sentimento esse que por vezes me invade.

 

Porque é que eu agi dessa maneira? Como fui capaz? O que é que passou pela minha cabeça para fazer aquilo? Como pude magoar tanto alguém que amo? Se eu pudesse voltar atrás!

 

São pensamentos que me surgem quando menos espero e que me provocam uma dor intensa. Posso ter obtido o perdão de quem tanto magoei, mas o momento continua lá. E esse momento ensombra os meus dias. Posso ter-me arrependido, mas fiz e isso é dificil de esquecer.

 

Tenho-me questionado se também ele recorda com tanta nitidez como eu aquele momento,  que para mim foi de vergonha e para ele de muita dor. Se também ele continua a lembrar-se daquele instante apesar de me ter perdoado. Ou será apenas o remorso a massacrar-me?

 

Sei que o tempo ajuda e a dor que sinto tem diminuido. Já não sinto tanta ansiedade quando estes pensamentos me surgem. Já consigo escrever sobre isso o que até aqui parecia impossível. Mas as lágrimas continuam a aparecer.

 

Pode servir de aprendizagem para momentos futuros. Todos nós erramos e quando isso me acontece reconheço-o e utilizo o meu erro como uma lição. Também este me serviu de lição, mas uma lição dorida!



publicado por nofimdoarcoiris às 13:09
link do post | diz-me | favorito

7 comentários:
De guiga a 27 de Maio de 2008 às 15:13
É difícil viver com os remorsos. Mas, acho que nos ajudam a crescer, a aprender para não errarmos mais. Eu tenho alguns remorsos, mas ajudaram-me a ser quem sou hoje!
Beijos *.*


De nofimdoarcoiris a 27 de Maio de 2008 às 15:28
Por vezes erramos. Mas é bom reconhecê-lo e tentar mudar.
Bjs


De Lau a 27 de Maio de 2008 às 19:20
Então menina???
Estou a ver que tu estás como o tempo por aqui...CARREGADO!!!
Há partes da nossa vida que nós desejariamos apagar se fosse possivel...mas não o é...por isso, não te martirizes, não te castigues!!!
A vida é assim mesmo, feita de altos e baixos,de erros, de momentos felizes e infelizes...só temos é que saber dar valor aos momentos bons, sem no entanto esquecer que os maus também existem e que temos de estar preparados para os ultrapassar!!

Vá lá toca a levantar o astral

E os teus exames ??Já sabes os resultados??

Beijocas


De nofimdoarcoiris a 28 de Maio de 2008 às 11:53
Sabes que o facto de eu ter escrito sobre o assunto é sinal de que finalmente estou a ultrapassar a situação. Fez-me bem escrever (como sempre). Aliviou-me. É como uma nuvem escura que descarrega toda a água e depois desaparece e vem o sol.
Escrevi e, principalmente, não tive receio de comentários negativos, o que em mim é excepcional.
Garanto-te que hoje me sinto muito mais leve.
Um grande beijinho e obrigada pelas tuas palavras.
Ah! E quanto ao resultado dos meus sinais ainda não sei de nada. O médico ficou de me avisar quando tivesse os resultados. Se já os tem e ainda não me disse nada é sinal de que não é preocupante!
Beijos
Carmo


De daplanicie a 28 de Maio de 2008 às 17:23
Quem não errou que atire a primeira pedra. Errar não é mau, o que é mau é persistir no erro. Quem sente remorso é porque certamente não tornará a cometer o mesmo erro.
Beijinho


De nofimdoarcoiris a 12 de Junho de 2008 às 08:37
Também penso assim. Mas o que é certo é que doi. Mas dizem que o que doi cura, será?
Bjs


De Catarina a 30 de Junho de 2009 às 23:34
Olá, não sei se algum dia irás ler isto, mas gostava de te dizer que partilho exactamente do mesmo sofrimento que tu... Eu já cheguei ao ponto de saturação, mas é algo que ainda não consigo controlar. Os maus pensamentos acerca de uma pessoa, que por sinal é a pessoa que mais amo, continuam a atormentar-me, sempre e sempre... É doloroso viver neste estado.


Comentar post

aqui estou eu
pesquisar
 
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Em jeito de despedida

Viver à Pressa

FELIZ NATAL

Roupa de criança

De volta

Férias

Perguntas ainda sem respo...

Mais um fim-de-semana

Delícias

potes
gosto

Diário de um Homem Sozinh...

Hoje e sempre

Sejam Bem-vindos

FELICIDADE

Antes só do que mal acomp...

Eu, aqui, agora, ontem, u...

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds