Na procura da Felicidade vou, passo a passo, até ao fim do arco-iris
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007
Os meus últimos dias
  1. Uns dias de descanso vieram mesmo a calhar. Como a filhota não gosta muito dos nossos passeios culturais (monumentos, museus, vestígios históricos, etc. ) e não se importa de ficar com a avó nós aproveitámos para umas pequenas férias a dois. Fomos em direcção ao Minho. Percorremos Ponte da Barca (Soajo, Lindoso, etc. ), Arcos de Valdevez, Monção, Melgaço, Vila Nova de Cerveira e Ponte de Lima. Faltou-nos algumas localidades minhotas, umas porque já conhecíamos e outras por falta de tempo. E como o sol se deita muito cedo e depressa começa a esfriar não há tempo suficiente para se ver tudo como queremos. Adorei as paisagens, gostei das pessoas e descansei a cabeça (bem precisava!). Aproveitei também para me constipar. Sou muito sensível às mudanças de temperatura e naquela zona está bem mais fresco, principalmente quando anoitece.
  2. Para além das paisagens surpreendeu-me a simplicidade das pessoas que encontrei. Lembro-me principalmente de um casal de idosos que encontrei no Soajo e que nos pediu para os levarmos a uma aldeia que dista cerca de 5 km dali. Eles vivem na aldeia de Cunhas e foram ao Soajo ao "doutor na carreira da manhã". Preparavam-se para fazer o percurso de regresso a pé para casa (percurso nada fácil como constatei depois) quando aparecemos. E ainda se dão por felizes porque, segundo eles, têm médico a 5 km . Ele vêm na televisão que muitos nem médico têm em caso de necessidade, só nos Centros de Saúde que se encontram bem mais distantes.
  3. Voltámos a casa e logo os problemas voltaram! A filhota, que foi este ano para o 10º ano e que não quis ficar na Escola Secundária da terra por esta não ter condições lembrou-se agora que há 2 meses que anda a acordar muito cedo, está cansada e gostava de mudar para a escola que ela própria recusou. Deu-nos as suas razões que ouvi atentamente (o pai nem tanto porque esse reage logo e nem sempre bem). Ponderei e já falei com um professor que conheço sobre as desvantagens de uma mudança de escola nesta altura do ano. Até entendo as razões que ela me apresentou (algumas não, parecem-me muito forçadas e penso que existe mais alguma coisa por detrás desta alteração, apesar de ela o ter negado). Mas há um principio que tenho seguido e que tenho feito questão de lho impor : "quando tomamos uma decisão vamos até ao fim"! Confesso que não gostaria de fazer uma excepção a este principio e penso que mais tarde, se não agora, ela vai entender as nossas razões.
  4. Já passaram 2 meses desde que a minha mãe fez os exames médicos que lhe diagnosticaram um tumor num rim. Desde aí aguardamos que a chamem para a cirurgia onde lhe vão extrair esse rim. As consultas e os exames de diagnóstico foram bastante rápidos, até pelo facto de uma das minhas sobrinhas estar a trabalhar no Hospital onde foram feitos. Mas agora a cirurgia está a demorar! Era para ter sido durante o mês de Outubro, mas entretanto Novembro já vai a meio. Ela está bem, se não fosse termos conhecimento da doença diríamos que ela está óptima. Mas o problema é esse, é que agora sabemos e isso deixa-nos bastante ansiosos.

 


estou: Feliz mas algo preocupada

publicado por nofimdoarcoiris às 12:57
link do post | diz-me | favorito

10 comentários:
De Estupefacta a 18 de Novembro de 2007 às 20:22
Olá

As primeiras duas notícias foram bem agradáveis. Pensei mesmo que estava tudo, mas tudo mesmo bem. O Minho é uma região linda, embora não a conheça tão bem como gostaria.

Quanto à primeira notícia menos boa, o princípio que segues está muito correcto, mas e se ela se sente mesmo infeliz (sejam quais forem as razões) nessa escola?! Deve haver mesmo outra razão que não só o levantar cedo e mais tarde ou mais cedo ela contar-te-á. Talvez um problema de inadaptação ou de não aceitação dos outros....
Em relação à 2ª notícia, é bem mais triste e preocupante. A saúde em Portugal é muito morosa e, por vezes, as consequências são nefastas, o que não irá ser o caso com toda a certeza.

Fé e coragem.

Um grande beijinho e que tudo melhore rapidamente


De nofimdoarcoiris a 19 de Novembro de 2007 às 13:27
São sempre dificeis as decisões em relação aos filhos. Temos de equilibrar a razão e o coração. Se por um lado quer mostrar-lhe que nem sempre podemos fazer as coisas conforme nos vem à cabeça, também a quero ver bem e feliz. Falei com ela no sentido de entender os seus motivos. Consegui entender que fez as pazes com uma colega do ano passado com quem se tinha amuado. E agora, com a situação já resolvida, voltaria para a turma dessa colega. Isso para mim não é razão suficiente para mudar de escola. Insisti com ela para saber se havia algum motivo para mudar para além do acordar cedo e parece que não. Até porque ela fala muito comigo sobre o que se passa na escola e nunca mostrou existir algum problema, sempre se mostrou entusiasmada.
Na verdade ela acorda cedo, mas não muito mais que nos anos anteriores. E está a deitar-se também mais cedo. E depois esse foi um dos inconvenientes que eu lhe mostrei quando ela me pediu há uns meses para ir para aquela escola.
Tu para além de mãe és professora e estás habituiada a lidar com adolescentes. E também já foste! Penso que é mais um capricho da adolescência.
Espero termos tomado a decisão certa. Mais tarde ela vai entender melhor.
Um grande beijinho


De Estupefacta a 19 de Novembro de 2007 às 21:49
Pois é amiga, se a razão é só essa não passa mesmo de um capricho e há que não ceder. A decisão que tomaste foi a mais correcta, sem dúvida.
Daqui a uns tempos se se amuar de novo com a amiga, irá querer mudar de escola novamente. A firmeza na educação dos jovens tem de ser uma regra. Caso contrário viram jovens inconstantes, do tipo "estou bem a onde eu não estou....."
Que tudo esteja melhor é o que te desejo
Um grande beijinho

(e obrigada pelos emails maravilhosos)


De trenguinhalinda a 19 de Novembro de 2007 às 16:51

Férias ... que bom ... passear... ainda melhor...
Também queria ir por aí fora conhecer... meu Deus como gostava de encontrar 1 homem com esse espirito de ir por ai fora conhecer o nosso país que é tão rico em património.
Olha 1 coisa, sabes que filhos criados trabalhos dobrados...
Essa de se levantar cedo.. Hmmm não sei ... se calhar é desculpa, fala com ela melhor..
Relativamente á tua mãe, muita fé vai tudo correr pela melhor.
A minha mãe também só tem 1 rim e vive!
Por isso, tem calma que tudo se vai resolver pela melhor..

1 Beijinho

Linda


De guiga a 20 de Novembro de 2007 às 16:00
Há muito que não vinha até cá!
Gostei de saber que fez uma visita à minha região, o Minho! É lindo, não é? Lindo em tudo, paisagens, gentes e costumes.
Ai, as saudades...

Felicidades! *.*


De nofimdoarcoiris a 26 de Novembro de 2007 às 14:19
É uma região linda! Em paisagens é do mais bonito que Portugal tem. As pessoas são simpatiquissimas e come-se muito bem.
Bjs


De daplanicie a 22 de Novembro de 2007 às 22:17
Ainda bem que as férias foram retemperadoras. espero que o problema de saúde da tua mãe se resolva rapidamente e da melhor forma.
Beijinhos


De nofimdoarcoiris a 26 de Novembro de 2007 às 14:17
Fez-me muito bem o descanso!
Quanto à minha mãe parece que a cirurgia é só em Dezembro. Não me está agradar nada ser nesse mês. É um mês que não me traz boas recordações. Mas vou pensar que desta vez vai ser diferente!
Bjs


De Lau a 23 de Novembro de 2007 às 23:09
Olá!
Então não veio até Esposende ver o mar e comer uma clarinha...
Olhe que são deliciosas!!!
Confesso que fiquei com inveja dessas suas mini-férias :( Já não me lembro da última vez que as tive!!!
Quanto á filhota...pois...é a idade do armário ou da parvoíce como eu costumava dizer á minha que tem agora 17 anos :)
Ela agora ri-se e dá-me razão mas naquela altura...
o que vale é que isso passa,só temos de ter paciência (de santo...).
Espero que corra tudo bem com a sua mãe e não se deixe abater porque ela precisa de si inteira,percebeu???
Obrigado pela sua visita,volte sempre :D
Um abraço


De nofimdoarcoiris a 26 de Novembro de 2007 às 14:13
Já não houve tempo para aí ir. Fica para a próxima. Recordo Esposende com saudade. Fui aí quando era criança e tenho boas lembranças. Os meu pais conheciam uma familia numa terra que, se não estou enganada, se chama Forjães. Passei aí algumas férias e percorríamos a praias da vizinhança. Aproveitavamos e íamos também a Viana nas Festas em Agosto. Foi há muitos anos e lembro com saudade.
Agora a clarinha é que não conheço, mas deve ser mesmo boa
Beijinhos


Comentar post

aqui estou eu
pesquisar
 
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Em jeito de despedida

Viver à Pressa

FELIZ NATAL

Roupa de criança

De volta

Férias

Perguntas ainda sem respo...

Mais um fim-de-semana

Delícias

potes
gosto

Diário de um Homem Sozinh...

Hoje e sempre

Sejam Bem-vindos

FELICIDADE

Antes só do que mal acomp...

Eu, aqui, agora, ontem, u...

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds