Na procura da Felicidade vou, passo a passo, até ao fim do arco-iris
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2007
Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

É assinalado hoje o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza. Este dia existe para chamar a atenção deste flagelo que aumenta cada vez mais quer em países subdesenvolvidos quer nos mais industrializados. Nestes últimos, devido ao cada vez maior apelo ao consumo e ao aumento dos casos de desemprego, está a tornar-se num caso deveras preocupante. E não basta um dia para nos lembrarmos que esta situação existe. É necessário cada vez mais que nos empenhemos em dar uma mão aos que necessitam  e é também urgente que se faça algo a nível governamental para que se impeça a Pobreza de aumentar.

 

Mas o que vemos diariamente é a tomada de medidas que levam a que os pobres se tornem cada vez mais pobres. Não falo apenas dos aumentos da carga fiscal e da inflação como também das dificuldades que cada vez se sente mais no acesso à saúde e ao ensino, por exemplo. Hoje em dia assiste-se cada vez mais ao recorrer ao crédito até para se poder obter um tratamento médico ou uma cirurgia em entidades privadas pois as públicas não funcionam para quem necessita.

 

Existe agora uma nova classe a que chamam os "novos pobres" e que não é mais do que aqueles que viram os seus empregos esfumarem-se e/ou as suas dividas aumentarem, que chegam ao fim do mês e não têm como pagar a prestação da casa nem mesmo a conta da água ou da luz.

 

Não chega, como já disse assinalarmos o dia e fecharmos os olhos e os ouvidos no dia seguinte. É necessário agir... e já!


estou: preocupada

publicado por nofimdoarcoiris às 10:33
link do post | diz-me | favorito

6 comentários:
De daplanicie a 17 de Outubro de 2007 às 11:45
Há quase 900 milhões de pobres em todo o Mundo. É urgente fazser alguma coisa! Não basta um dia para lembrar!
um beijinho


De nofimdoarcoiris a 17 de Outubro de 2007 às 13:25
Cada vez vão sendo mais... e cada vez se nota mais o fosso que existe entre os que muito têm e os que pouco ou nada conseguem ter.
Quando era criança diziamos que existiam os ricos, os pobres e os "remediados". Penso que os remediados eram os que agora chamamos de classe média. Mas o que vemos é a pobreza a chegar cada vez mais rápido à tal classe média.
Gostava de conseguir fazer muito mais do que faço pelos que passam por necessidades. Mas, às vezes, sinto-me completamente impotente.
Beijos


De Lua de Sol a 17 de Outubro de 2007 às 12:42
Pois claro que não chega! E cada vez haverá mais pobres, pois muitos dos que não eram estão a começar a ser... O mais engraçado é que vejo gente muinho fuinha até na ajuda que dá, por exemplo, nas campanhas que só se fazem de tempos a tempos... Também penso naqueles homens muito muito ricos que poderiam certamente ajudar muito mais...

É triste...

Beijos


De Lua de Sol a 17 de Outubro de 2007 às 12:43
queria dizer "muito fuinha"...


De nofimdoarcoiris a 17 de Outubro de 2007 às 13:16
Triste também é ver o dinheiro que algumas entidades gastam com grandiosidades e que poderia ter um destino muito mais útil. Se Deus existe, como quero acreditar que sim, iria ficar muitos mais feliz com os seus filhos.
Beijinho


De guiga a 17 de Outubro de 2007 às 17:39
Trabalho numa instituição. Nós agimos, mas são nos colocados muitos entraves! Há muita burocracia, papéis e mais papéis, que passam por cima da necessidade de se alimentar uma pessoa.
Há certas coisas que não são do conhecimento geral, mas que deveriam ser denunciadas. O problema são as ordens que vêm de cima! Muitas vezes aindas conseguimos ludibriar, para bem dos mais necessitados...Mas, infelizmente, nem sempre é possível!
Bom post! :)
Beijos *.*


Comentar post

aqui estou eu
pesquisar
 
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Em jeito de despedida

Viver à Pressa

FELIZ NATAL

Roupa de criança

De volta

Férias

Perguntas ainda sem respo...

Mais um fim-de-semana

Delícias

potes
gosto

Diário de um Homem Sozinh...

Hoje e sempre

Sejam Bem-vindos

FELICIDADE

Antes só do que mal acomp...

Eu, aqui, agora, ontem, u...

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds